Da Arte de Amar

4 comentários

rainbow

Por que amar implica um desprezo de si mesmo, será que isso é realmente correto? Será mesmo que servir é desprezar-se, que doar é desprezar-se? Amar, por acaso implica em diminuição da autoestima?

Desde quando amor quer dizer diminuição, subtração ou repasse? Desde quando é exigido que se ame menos a um para amar mais ao outro? Desde quando temos que amar pouco a nós mesmos para amar muito ao outro? Afinal, o que é o amor? Amor deveria ser tudo que é positivo, não? Por que então, o amor não gera sempre uma soma ou uma multiplicação?

O amor não deveria ser só eu, ou só você, deveria, sim, sermos eu e você. E desde quando o amor implica um desprezo de si mesmo, quando ele é necessário quando o outro precisa desse amor? Quando queremos mais a nossa satisfação, não chamemos isso de amor próprio, porque egoísmo não é algo nada positivo. O amor por si mesmo, por outro lado, deveria nos motivar a amar, por ser o amor a fonte da verdadeira felicidade e realização pessoal. Quem ama, também se ama.

O serviço e doação, na verdade, só têm conotação negativa, por causa do orgulho humano. A natureza humana, naquilo que é carne, quer ser rei, quer ser senhor. Por isso, o homem quer sempre ser servido. Deixar esse posto de deus de tudo e todos é negação de parcela de si mesmo, mas, na verdade, aceitação daquilo que é verdadeiro, que não somos deuses. Sendo deuses, cremos que tudo que nos tira dessa posição é negativo, por isso cremos que amar significa se desprezar, mas não. Amar é, tão somente, amar. Se lá que isso é pouco.

Aquele que se despreza, que tem autoestima baixa, preocupa-se demais consigo mesmo para amar. Quem é assim, na verdade, é porque não são correspondidos seus desejos de ser deus. Não é servido. E, quem se ama, não se permite ter de si conceito baixo, porque se serve antes de ser servido, e doa-se a si mesmo durante a vida inteira. E isto não implica que não sirva ao outro, e também que não se doe ao outro, até mesmo porque, quando souber verdadeiramente amar, servir-se-á servindo ao outro, e se doará ao outro, doando-se a si mesmo.

Comentários
4 Comentários

4 comentários :

  1. Muito bommmmmmmmmm
    CARA

    ResponderExcluir
  2. Vc pensa igual a mim... Amor é reciprocidade, é companheirismo, é amizade.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom mesmo!

    "Amar é, tão somente, amar" ;D

    Tássia Moura

    ResponderExcluir